Arquivos de abril, 2010

Seguros de risco de engenharia deverão crescer entre 15% e 20% nos próximos anos

Por Aline Bronzati A carteira de seguros de riscos de engenharia deve apresentar expansão entre 15% e 20% nos próximos três anos, conforme expectativa de Luis Meneses, gerente de engenharia para a América Latina da Swiss Re. De acordo com o especialista, esta será uma das carteiras que estará em evidência por conta dos grandes […]

Seus direitos contra o caos

A erupção do Vulcão Eyjafjallajokull lembrou ao mundo que até o sistema de transporte mais organizado e eficiente está sujeito a reveses diante de um evento natural de tais proporções. A nuvem de cinzas paralisou os aeroportos da Europa, que tem à disposição dezenas de empresas aéreas e todas as opções imagináveis de voos, horários […]

Seguradora criada por Mapfre e BB é avaliada em R$ 11 bilhões

Por Aline Lima A aliança estratégica entre o Banco do Brasil (BB) e a espanhola Mapfre deve sair do papel nos próximos dias e vai criar uma das maiores empresas de seguros da América Latina. A nova empresa foi avaliada em cerca de R$ 11 bilhões e o contrato está praticamente fechado. Falta acertar o […]

Seguro será 7% do PIB em dez anos

Uma série de fatores aponta para um crescimento vigoroso no setor de seguros. Entre eles estão a quebra do monopólio dos seguros residenciais, criação de novos produtos, como o novo modelo de seguro rural e o microseguro, além do lançamento de obras estruturantes em todo o País. A estimativa é que, em dez anos, o […]

Novas investidas agitam segmento de grandes riscos

Situado na ponta inversa do varejo, que explode com as vendas de produtos massificados e anseia com a chegada do microsseguro, o mercado de seguros de grandes riscos também está em ebulição no Brasil. No governo, discute-se a possível criação de uma seguradora estatal, que entraria no mercado com o propósito de fortalecer a frágil […]

Resseguros podem dobrar de tamanho daqui a três anos

Se o mercado vai bem para os grandes riscos, o resseguro, ou o “seguro do seguro”, também vai bem. Os dois segmentos estão intimamente ligados, em função do limite que uma empresa pode aceitar de incerteza. Esse produto foi monopólio do IRB – Brasil Re de 1939 até 2007, quando a Lei Complementar 126 abriu […]